30/06/15

10 Coisas que eu aprendi com relacionamentos

***Esse post faz parte da Blogagem Coletiva de Junho do Rotaroots***

O título do post já diz tudo, então vamos ao que interessa.

Eu e o Lê no nosso ensaio pré-casamento. Olha esse cabelão Preto!! #Voltacabelão

1. Você também tem que se enquadrar no que a pessoa quer.

Eu vejo muitas pessoas falando que querem alguém que as complete, que seja assim assado e que faça isso e aquilo, mas na verdade você também tem que estar dentro do que a pessoa quer.
Meu pai contava uma história de um homem que vivia falando que estava procurando a pessoa perfeita, e todas as vezes que eles se encontravam ele falava "Ainda não apareceu..." , até que em um dos encontros ele perguntou "E aí?!?! Encontrou a pessoa perfeita?" e o homem respondeu "Encontrei, mas eu não era perfeito para ela."

2. É preciso abrir mão das coisas

Uma das coisas mais difíceis de se fazer, mas que funciona muito bem no meu casamento. Nem sempre você faz o que quer. E nem sempre faz o que NÃO quer. Por mais parecidos que você e seu amor possam ser, existem interesses diferentes. Já ouviu isso em algum lugar : "Às vezes faço o que quero, às vezes faço o que tenho que fazer".

3. O amor é uma plantinha que tem que regar todo dia

Brega? Completamente! Mas é uma coisa que eu aprendi com a minha mãe, que tem total sentindo. Agradar e ser agradado é bom, é gostoso e é saudável para o relacionamento. Pequenos agrados alimentam o relacionamento de um jeito bom. Se não acontece, o relacionamento vai ficando fraquinho e de repente, cadê o relacionamento que estava aqui?!

4. Fidelidade e Lealdade são coisas completamente diferentes.

Então você acha que se a pessoa não te trai, está tudo bem? Não, não está... lealdade é tão importante quanto fidelidade. Simples assim.

5. Você é quem estipula seus limites

O que é aceitável para você? Para mim, traição é inaceitável, para outras pode até acontecer desde que outras coisas também aconteçam.
Algumas pessoas não suportam que a outra fume ou beba, outras até preferem. Quem diz o seu limite é você. E se a pessoa está fora do que você estipulou, corra deste relacionamento o mais rápido possível.


6. Respeito

Respeitar as pessoas é a coisa mais importante para se aprender, não em um relacionamento apenas, mas na vida. Respeito é bom e todo mundo gosta, não é?

7. As pessoas mudam suas ações, mas não seu caráter

Uma das coisas que eu aprendi logo, mas que vejo muitas pessoas "batendo cabeça" é quando elas acreditam que o outro vai mudar.
a) O cara é um puta galinha - mas a mocinha acredita que ele está apaixonado e que imagina se ele trairia ela de novo, a primeira vez foi só um deslize... Meu bem, ele não vai mudar!
b) A menina é uma grossa, faz o cara de gato e sapato, esculacha o coitado na frente das amigas - mas ela é um amor quando está com ele, ela está tentando ser menos rude, e às vezes é da natureza dela... Meu bem, ela não vai mudar!


8. As escolhas são suas

Se você ficar triste, chateada, chorosa ou qualquer coisa triste por causa de um relacionamento, a escolha é sua viver aquilo, não aceite nada menos do que você merece, e eu sei que qualquer pessoa é digna de um relacionamento saudável.

9. Faça você a diferença

Você acha que o relacionamento está frio, falta carinho, falta romantismo ou algo do tipo, haja! Convide a pessoa para fazer algo romântico, vá você abraçar, vá você fazer um xodó. Se você acredita no relacionamento, faça o que deve ser feito.

10. Amor não é dependência

Vejo muitos casos onde a pessoa ama a outra acima de qualquer coisa e por isso aceita maus tratos, acaba se tornando submissa ao parceiro e eu nem vou falar de violência aqui. Essas pessoas se amarram no "Mas eu amo tanto". Repare e veja se o que você sente é amor ou dependência. Tome cuidado com essas duas coisas.

Isso foi o que eu aprendi... e vocês o que têm de experiência em relacionamentos? O que aprendeu com eles? Estou curiosa!


***
Galera, cadastre seu e-mail aqui no blog - pela barra lateral! Tem surpresinha chegando... dia 02/07 eu conto!
28/06/15

CNB 2015

Ontem, dia 27 de junho, rolou aqui em São Paulo Conferência Nacional de Blogs 2015, organizado pelo CBBloggers e claro que eu fui marcar minha presença.

Nunca tinha ido em nenhum evento de blogueiros, confesso que gostei muito.
Pude assistir palestras super interessantes, como a do Alex Silva, do Youtube e do Juliano Kimura, ex-funcionário do Facebook, contando os segredos para ter sucesso na rede social. Ainda houveram 2 rodas de discussão com blogueiros mais conhecidos como a Andreza Goulart, Karen Bachinii, Raka Minelli (que estava com o look mais maravilhoso do evento na minha opinião), Carla Lemos e outros.

O evento contava com stand dos patrocinadores distribuindo brindes e falando sobre parcerias. Para blogs de moda e beleza estava bem interessante essa parte de parcerias, como não é o foco do As Besteiras, acabei me interessando mais pelos mimos.

Parte mais legal... Conheci pessoalmente a Lulu do blog Lulu on the sky, que é super querida, ficamos juntas o tempo todo. Ela tem muito tempo de blog, e encontrou muitas conhecidas por lá. 

Ah, não pense que só encontramos blogueiras paulistas, muitas meninas de outros estados - até do nordeste marcaram presença e deixaram o evento ainda mais especial.

O que eu não curti, foi que o espaço estava controlando a distribuição de água, eu e a Lulu tivemos que praticamente implorar para uma moça trazer água para matar a nossa sede. Eu também esperava ter um contato maior com as outras blogueiras, trocar mais cartões de visita, mas parecia que a maioria das blogueiras queria mesmo era conseguir parcerias com empresas. 

Mas valeu muito apena principalmente pelas palestras e discussões. Vamos para as fotos:

Evento super lotado!

Juju e Lulu

Stand da marca Salvatore

Stand da La Papeterie - fiz umas comprinhas, já que estava lá.

Credencial

Apresentação da marca Sweet, fiquei apaixonada, eles tem um conceito diferenciado de produtos bons e diferentes, para não dizer malucos, para as blogueiras de beleza, vale a pena entrar no site para conhecer.

Roda de discussão sobre conteúdo

Olha que look mais lindo da Raka, o que é essa saia meu bem, a minha cara! eu quero!

Carinho

Entendeu...? Quando eu digo muitos brindes.... são muitos brindes!

Minhas comprinhas de papelaria...AMO!


E ai meninas, vocês já participaram destes encontros? Eu simplesmente amei, quero ir em mais destes, quem souber de algum que esteja rolando aqui em Sampa ou perto, me avisa!!
25/06/15

Mudança de Sobrenome

Uma das coisas que eu mais tive dúvidas e fui questionada quando estava para casar, era sobre se eu mudaria meu nome. Se colocaria, ou não, o sobrenome do meu marido.

Fonte


Óbvio que ninguém perguntou para ele se ele colocaria o meu sobrenome, mas tudo bem! O mundo é machista e não é sobre isso que eu quero falar.

Eu tive muitas dúvidas com relação a alteração no nome. As mais velhas diziam "tem que colocar", já as mais novas eram contra "imagina... logico que não precisa mudar."

E nessa eu tive que levantar meus próprios pontos e decidir sozinha. Sim... Porque, graças a deus, meu marido não é nenhum troglodita que pitacou sobre isso.

Pontos que eu pensei:
  • Meu nome é curto e eu amo isso;
  • Eu me reconheço como Juliana Bittar e pronto;
  • Casamento não tem nada a ver com sobrenomes;
  • Amor muito menos!


Estava quase optando por não alterar nada, mas aí, no meio dos pensamentos me veio uma lembrança da JuJu pequenininha. 

Uma das coisas que eu mais gostava na minha família e naquela época eu não entendia nada, achava quase uma coincidência milagrosa que eu, meu pai e minha mãe tivéssemos o mesmo sobrenome. Aquilo era a maior prova para eu achar que éramos uma coisa só. Então, pensando que a gente casa porque pretende ficar juntos a vida inteira e pensando no meu futuro filho, eu mudei meu nome. Juliana Bittar Barros, claro que ainda me identifico como Juliana Bittar e assino como quando era solteira. Mas no documento está lá... O mesmo sobrenome do meu marido e o sobrenome que meu filho vai ter. Espero realmente que faça diferença para ele, assim como fazia para mim.

Me arrependi?


Talvez um pouco na hora de trocar os documentos, o que é realmente muito chato! Mas é tão rápido, que já esqueci. Ainda me confundo um pouco quando estou esperando o médico me chamar na sala de espera e ele solta um "Juliana Barros" uns segundos passam e "Opa! Sou eu!"

Mas tenho certeza que ainda há muito tempo pra me acostumar! Se a ideia é ficar juntos para sempre... Mudei.


E vocês meninas, já pensaram sobre isso? Conhecem alguém que não mudou ou um homem que tenha colocado o sobrenome da mulher?
22/06/15

Playlist "Esqueça Seus Problemas"

Uma semana longe daqui! Aiaiai

Mas gente! Tá osso a vida e eu nem estou na faculdade, muito menos fazendo TCC, como vejo muitas meninas reclamando, eu estou mesmo é com a cabeça cheia de problemas, por isso resolvi fazer uma playlist temática "Esqueça seus problemas" e compartilhar com vocês. Ah! Isso não significa que as letras falem sobre não ter problemas, nem nada disso, só o ritmo que me deixa mais animadinha, mesmo!

Espero que aproveitem como eu já estou aproveitando. Chega de problemas!!!

"Esqueça Seus Problemas"





15/06/15

Sobre o Filme Mad Max



Este post não contém spoilers simplesmente, ele é o spoiler...em ...pele e osso? Não leia se você ainda não assistiu, mas pretende. 


Alguns finais de semana atrás eu assisti o filme Mad Max, que eu estava morrendo de vontade depois de assistir o trailer, muita ação, explosões e rock and roll!!! 

Eu simplesmente amei o filme, mas ele é o filme mais insano que eu assisti. Insano não do estilo "Centopeia Humana", INSANO do tipo maluco mesmo. 

A história começa com um cara, o tal do Max, que é um andarilho e, ao que tudo indica, tem um trauma. Ele é pego por um grupo x, levado para um "reino qualquer" onde é usado como bolsa de sangue para meninos branquelos chamados de meia-vida. 


Pelo que eu entendi, são meninos que  morrem cedo e são treinados para conviver bem com a morte e se necessário se matar pelo bem deste tal reino, que é controlado por um Chefão com máscara na cara chamado Immortan Joe, ele domina a água do local e assim domina as pessoas.




A trama começa quando uma de suas capangas, a Imperatriz Furiosa resolve libertar as parideiras, que são as mulheres do chefão mascarado, colocando todas escondidas em um caminhão enorme! 


Quando o chefão percebe a fuga, prepara um comboio com um monte daqueles meninos meia-vida, inclusive o que está pegando sangue do Max, com o próprio Max pendurado na frente, para ir atrás das esposas.



O comboio é uma loucura! Carros, caminhões e motos todos modificados, um leva um guitarrista mascarado pendurado na frente fazendo um som enquanto a galera se mata para tentar parar o caminhão com as mulheres. 


A briga vai acontecendo e os carros não param. Tiros, flechadas, gasolina e muita velocidade. Eu sei que o Max se solta do menino que esta pegando seu sangue e acaba se juntando com as mulheres.



Depois, o menino meia-vida que precisava do sangue do Max, faz tudo para agradar o Immortan Joe, mas acaba percebendo que o chefão é um filho da mãe e também se junta com as mulheres. Acaba se apaixonando por uma das esposas, mas não espere cenas românticas. Outra esposa que estava grávida acaba morrendo atropelada pelo próprio carro do chefão, que fica endoidecido, pois era sua preferida. Mas as mulheres acabam despistando o comboio.




Imperatriz Furiosa estava levando todas para um tal de "Vale verde". Mas descobre que o lugar não existe mais, encontra outras mulheres que conheciam e viviam neste lugar, são todas motoqueiras da estrada doida. Max convence elas a voltarem para o local da água. Ou seja! Voltam a estrada toda até a cidade inicial! E eu que achava q o filme ja estava acabando!!! 


Lá vai o bando de mulher com Max e o menino branquelo novo. 



Ai o pau quebra mais uma vez! O menino branco morre no meio da briga da volta, eles conseguem matar o chefão mascarado, entram na cidade da água e liberam a água pro povão! ACABOU O FILME! 



Questões sobre o filme Mad Max:

  1. Qual o trauma do Max?
  2. De onde ele veio e para onde ele vai? 
  3. Por que o menino branquelo é branquelo e tem a vida curta? 
  4. Por que o chefão era mascarado? 
  5. Por que tinha um guitarrista fazendo a trilha sonora do quebra pau pendurado na frente do carro?
  6. E por que raios eu gostei deste filme? 
Eu não sei responder nenhuma destas perguntas!!! Mas eu gostei e muito deste filme!!!! 

Os efeitos são incríveis, eu não pisquei um minuto no meio da doideira. Este é um legítimo filme de ação. Sem blábláblá, e as cenas impossíveis são totalmente justificáveis, considerando que o filme é mesmo uma loucura!


Espero que quem leu isso daqui já tenha assistido o filme ou não tenha nenhum interesse em assistir, ainda mais agora que eu já contei tudo mesmo...

12/06/15

Sobre a Polaroid Cube

YEEEEEEEEEEEEEEEEEEYYYYYYYYYY!!!!!!!!!!

Eu tenho uma Polaroid Cube!!!! A emoção não cabe em mim!
Eu sempre quis uma Instax Mini, mas quando eu conheci a cubinho, me apaixonei e troquei de desejo, por sorte do destino consegui 200 reais de desconto no site o Walmart (Não me pergunte porquê.) aí eu tive que comprar - Comprei!

Sobre Polaroid Cube



Já viram que essa fofura é bem compacta. Ela tem 3,5 X 3,5 X 3,5cm, como o nome já diz, é um cubo, o peso delá é de apenas 50 gramas. Na parte de baixo ela possui um imã, bem forte, que serve para você fixa-la em objetos de metal (Carro por exemplo, apesar de não ter coragem de andar em SP com a bonitinha para fora).

A P.Cube não possui memória interna suficiente para armazenar suas fotos ou vídeo, por isso é necessário um cartão de memória Micro SD de até 32GB (é o que ela suporta).

Sua lente é uma Grande angular de 6 megapixels que abrange 124° (Olho de Peixe). Faz vídeos em Full HD de 1080p ou 720p o que é mais que suficiente para vídeos do youtube.

Ela é total emborrachada, o que ajuda muito na hora de segurar e tem um único botão que liga, desliga, tira foto e filma. É resistente a respingos, mas se você quiser entrar com ela na piscina deverá comprar a capinha apropriadas. A Polaroid oferece alguns acessórios bem interessantes para utilizar com a máquina. Vale a passadinha no site.

Seu preço pode variar de R$ 700,00 a R$550,00 Nos EUA ela custa apenas 100 Obamas. Mas como eu disse, tive o maior desconto do mundo paguei R$400,00. Então, vale a pena se você for comprar, pesquisar muito.

Considerações Polaroid Cube


Foto horrível. Ainda estou aprendendo a lidar com ela, mas só para mostrar a qualidade em ambiente externo com muita luz - Estava contra o sol.

A P.Cube é considerada uma câmera de ação, assim como a GoPro, vi muitos blogs e sites especializados comparando as duas. Na minha opinião e constatação, elas são máquinas totalmente diferentes, a própria empresa Polaroid  afirmou que não é uma concorrente da GoPro, e se você já teve a oportunidade de ver uma GoPro de perto ou ver suas imagens, sabe que ela é MUITO fod*! Não vejo hoje um concorrente que chegue perto do que ela proporciona. Apesar dela ser uma negação para fotos noturnas.


Outra foto horrorosa! Qualidade em ambiente externo - Nublado.

Nas fotos que eu tirei para este post é possível notar a diferença entre as fotos tiradas em ambientes com bastante claridade e locais escuros. Vi muitas reclamações sobre a qualidade das fotos, mas entrando no Flickr encontrei fotos MARAVILHOSAS tiradas com a P.Cube, ou seja, mais uma vez constatamos que um bom fotógrafo faz toda a diferença.

Mais uma vez a língua aparecendo. Ambiente externo - Nublado.

Agora vem as fotos com menos claridade, na foto abaixo, tirada na Av. Paulista, além de estar anoitecendo eu tirei a foto em movimento, acho que foi o que deixou a foto com um pouquinho de ruído, mesmo assim é uma foto que me agradou bastante.

Ambiente externo - anoitecer - pouca luz

O que eu percebi é que por ser uma câmera de ação as melhores fotos não são as selfies, mas sim as tiradas de paisagens ou locais abertos.

Ambiente interno - Pouca luz
 Essa selfie que eu fiz com a minha mãe, foi tirada em um restaurante que tinha uma luz bem fraquinha, achei a qualidade péssima, definitivamente a Polaroid Cube não é nada sem luz.

Ambiente interno -luz razoável

Por fim, na livraria cultura, que sempre vale a visita!

Eu estou muito feliz com a minha P. Cube, ela chegou faz pouquíssimos dias, quero poder ir em algum parque, fazer mais fotos externas. Além disso tudo, ela também é muito fotogênica, não acharam?! Uma coisinha fofa! Meu novo xodó!

Se você se interessou e quer tirar alguma dúvida, vem falar comigo! E se você já viu ou tem uma, vem falar comigo também!

***

Amores, um bom final de semana, aproveitem o dia dos namorados, estando vocês namorando ou não.


09/06/15

Planner - Organização e Planejamento


Ainda é terça-feira e eu já estou com o cansaço da sexta!

***

Sobre Planners


De um tempo pra cá estou tentando me organizar melhor, na vida e no blog, aos poucos tenho mudado algumas ações para tentar criar uma rotina nessa minha vida que quase não tem horário certo para nada!

Desde que mudei a carinha do blog estou usando check-lists e planners que algumas blogueiras disponibilizam para pessoas como eu, bagunceiras!

Uma ferramenta que encanta muito as meninas de todas as idades são os planners ou agendas mesmo, onde a pessoa planeja o mês, a semana e o dia, além de listas de afazeres, e outras coisas. Se você pesquisar no Google vai encontrar fotos incríveis de tanta fofura, mas se pesquisar preços vai ter um treco! São muito caros para pessoas que nem sabem se vão conseguir levar aquilo adiante, afinal ter um planner é ter disciplina.

Por isso eu produzi meu próprio planner sem gastar nenhuma fortuna e vou compartilhar com vocês.

Você pode usar caderninhos, mas a graça do "fichário" é que você pode adicionar páginas, plásticos, divisórias, etc.
Para ser sincera eu já tinha um fichário tamanho A5 e folhas pautadas que usei por um ano ou mais no inglês. Então aproveitei esse material, imprimi algumas folhas fofas que encontrei em blogs diversos e estou desenvolvendo my own planner fofo e usual!!


Esse é o fichário. Super simples, preto, de plástico, mas super resistente, pois mesmo depois de usá-lo um bom tempo na época do inglês ele está inteiro - Posso garantir que não foi excesso de cuidado, o fichário é resistente mesmo!


Nas divisórias de plástico, enfeitei como quis! A primeira é uma grande bagunça, mas é a que eu mais gosto, e eu ainda nem terminei de fazê -la! Tentei separar o planner "diário" dos checklists e das ideias de posts para o blog.


Fotografei páginas impressas, ainda não preenchidas (créditos no Insta) e (embaixo) páginas simples com algumas tarefas para rabiscar.


As folhas simples são sem graça, mas são mais baratas. Você pode enfeitar com adesivos para deixá-las mais tchutchuquinhas. Lembrando que o que vale mesmo são as informações que você vai colocar ali.


Essa é outra fofura que eu imprimi, apenas uma folha para usar de modelo para as próximas.


Outra divisória enfeitadinha com adesivos, essa divisão é a divisão da criatividade, com letras de músicas que eu gosto, pedaço de histórias que eu comecei e não terminei e ideias aleatórias, se eu precisar de inspiração, é lá que eu encontro.


No fim da divisão da criatividade, coloquei algumas folhas sem pauta para rabiscar qualquer coisa e "clipei" tudo, eu adoro clips, mas eles são péssimos para serem guardados, por isso esse foi o melhor jeito que eu encontrei, para mantê-los vivos!

Agora minha parte preferida: Os Plásticos! Para enfiar tudo que você poderá usar na sua organização. Adesivos, post-it, folhinhas de recados, envelopes, cartinhas para enviar, etc. (com spoiler de recadinho para a Kaccau).













Preços

Média de preços de acordo com as minhas pesquisas. 

Fichário A5 (igual o meu) - R$ 13,00 
Bloco Folhas Pautadas A5 (96fls.) - R$ 6,00
Divisórias Plásticas A5 - R$ 3,50 
Impressão Colorida (cada) - R$ 1,50

Minhas compras eu faço na Kalunga, em loja física mesmo, que é o paraíso da diversidade papelariológica. Mas se não tem Kalunga na sua cidade, melhor nem entrar no site, que quase não tem opções e é chata de tão séria.

***
Queria só mostrar que é possível se organizar sem gastar muito. A grande sacada do planner não é só sair enfeitando e colocando todos os adesivos do mundo na folha. Ele precisa ser alimentado. Coloque suas ideias, listas, tarefas, compromissos, e depois conforme você for realizando os eventos, risque, comente, folheie as páginas anteriores, relembre. Eu sou nova no "ramo", mas estou adorando e empolgada, já tenho ideias de posts para um mês!!

E você? Como organiza suas coisas? No celular, na agenda, na cabeça? Me conta!!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...