23/04/15

Como Você Se Enxerga?

***Esse post faz parte da Blogagem Coletiva de abril do grupo Rotaroots - Grupo lindo do face!***



Depois do último post (um pouco pesadinho e revoltado demais) resolvi aliviar com esse post divertidíssimo de fazer.


  • Qual é o desafio?


"Como você se enxerga: convidamos você a desenhar como você se enxerga e o que faz você feliz. "AH MAS EU NÃO SEI DESENHAR!!!!!!!!" pois bem, a graça esta nisso. Seja desenhos de pauzinhos, seja uma super ilustração, o importante é participar e ser você mesmo."

Fonte

Vamos lá... como eu me enxergo:

  1. Um cabelo bem pretinho (original de fábrica que há alguns meses foi alterado);
  2. Olhos Castanhos, mas não muito escuros;
  3. Um nariz avantajado (Direto da Síria e do Líbano);
  4. Um boquinha pequena com um sorriso grande;
  5. Orelhas saltadas;
  6. Ombros largos (Sem natação, pura genética)
  7. Camisetas divertidas;
  8. Calça jeans sempre (Com cinto, porque elas sempre caem);
  9. As mãos sempre juntas na frente ou atrás do corpo;
  10. E sapatos.. tanto faz... desde que sejam confortáveis!
  11. O que me faz feliz? Desenhar! Pintar... Cor, arte... isso me deixa feliz!

E então... Aqui estou eu!

Eu por Eu Mesma!

Meninas espero que tenham curtido este post e desafio vocês a se desenharem também. Este meu desenho eu fiz no Power Point, mas vale fazer da maneira que você achar melhor.

***

Saiu post meu no Blog CDB sobre intercâmbio, quem tiver curiosidade estou deixando o link: Intercâmbio Além da Língua



22/04/15

Sobre I S2 Paraisópolis

Vocês já devem ter visto a propaganda da nova novela das "7h" da Globo - I Love Paraisópolis.

Fonte


Quem não é de SP pode não saber, mas Paraisópolis é considerada a maior favela de São Paulo atualmente. Engraçado pensar que ela está praticamente dentro do Morumbi, um dos bairros mais nobres da cidade.

Já tive a oportunidade de trabalhar lá dentro e conhecer essa comunidade que abriga inúmeras famílias, gente do bem e do mal, religiosos, trabalhadores, pequenos empresários, traficantes, idosos, crianças, preto, branco, amarelo e vermelho. Acontece que eu ainda estou um pouco passada com a propaganda que eu vi. A musiquinha diz assim " I love Paraisópolis, o paraíso é aqui" OI?! O que é isso? Um tal de "Ser pobre é legal" que só ajuda quem é rico ficar mais rico.

Os tubarões do Brasil querem mais que a pessoa fale "Eu amo a Paraisópolis, não saio daqui por nada" sabe por quê? Porque o Brasil é um país rico e se o dinheiro que seria seu não está com você, está com outra pessoa!

Eu acho lindo a humildade das pessoas, a simplicidade de quem não tem tudo de mão beijada (eu mesma nunca tive, venho de uma família de classe média - baixa e passei cada sufoco), Mas falando em bens materiais, todo mundo merece dormir em uma casa confortável, não? Quiça em uma cama box!!! Saneamento básico, segurança, iluminação na rua, etc. Por que se conformar com um hospital público, se o particular é melhor? Ou com o estudo de uma escola pública, que vive em greve porque os professores (coitados) não tem condições de ensinar direito, se um professor de escola particular consegue preparar seus alunos para as melhores faculdades do país? (e até do mundo) Por mais que você acredite no falso socialismo divulgado no pais hoje em dia, vivemos em um mundo capitalista! E mesmo que você diga que dinheiro não traz felicidade (na minha opinião ele manda buscar, quem dera ser triste em Paris) você precisa dele para pelo menos pagar contas e comida, ou você vai virar mendigo?

 O que eu quero dizer com esse post? Mantenha suas ambições! Se você não nasceu filha da Xuxa, corra atrás dos seus sonhos, estude, tenha uma vida melhor! 

Falar que uma favela é o paraíso é pobreza de espirito. É aceitar que a vida é isso mesmo, praticamente uma questão de sorte. Mas queridona, a vida também atende nossos desejos e esforços. A igualdade social não vem com bolsas assistenciais. A igualdade social vem com a sua dedicação, estudo e luta. Quem está no topo quer mais que você ame Paraisópolis!

***

Pode me jugar agora! Mas entenda, eu não estou falando mal de ninguém, muito menos da novela (pode ser até que eu assista) só não posso aceitar o fato de que Paraisópolis é o Paraíso, porque não é.


13/04/15

Confesso Que... Eu Falo Enrolado

...Eu falo enrolado...


Não para te enrolar alguém, mas a língua é grande... ela se enrola dentro da boca e não são todas as palavras que saem...

Fonte


A palavra  es tu pro, eu só consigo falar pausadamente, se eu falar no impulso aí o estrupro vem com tudo, mas acho que o meu problema é colocar "erres" demais nas palavras, uma que eu nunca erro é a palavra cérebro, porque tem 2 "erres", fica fácil! Acho difícil falar o errado, que normalmente as pessoas falam cé le bro, tá vendo??? preciso falar separado se quiser falar errado, melhor assim.

Outra palavra que me deixa louca é a tal da so bran ce lha, ah, se eu estiver empolgada na conversa pode esperar que eu vou falar sombrancelha mesmo!! E na mesma linha vem o mendiNgo e a mortaNdela. Não é questão de burrice... eu juro! É questão da língua enrolada!

O pior mesmo é quando estou discutindo com alguém e a palavra sai errado. Pronto! A pessoa começa a rir da minha cara, eu começo a rir da minha cara e a briga fica sem lógica. 

Talvez seja uma boa maneira de parar com brigas!
09/04/15

Radicalizando - Parte I

Hoje eu estou muito radical.Tão radical que resolvi fazer meu segundo furo na orelha! (Rock'n Roll Baby!!)

Olha que orelha bonitinha que eu tenho. Doeu? Na verdade eu tenho uma resistência muito boa para dor, me senti mais "grampeada" do que dolorida. Na hora dá uma ardência, mas agora tá tudo certo, só cuidar para não inflamar!

Falando em coisas radicais (Tá bom!!!! Fazer um segundo furo na orelha quando se tem 28 anos não é tããããoooo Radical assim!) o post de hoje será sobre radicalizar!

Achei um significado muito legal para a palavra Radical que é :

Que exige destreza, perícia e/ou coragem.



Eu pulei de uma torre! Isso é legal e precisei de muita coragem!

Eu também salvei uma pessoa de um afogamento, é bem verdade que meses depois eu pensei "Por que Deus, eu salvei esse ser?!?" Mas na hora precisei de destreza e perícia (habilidade) ...logo... radicalizei também!

Eu cortei meu cabelo bem curtinho um dia antes da minha formatura de 8a série (nono ano para as mais novinhas, último do fundamental para as mais velhinhas). Todo mundo se assustou com a nova Juliana-Indo-Para-O-Colegial. Mas também precisei de coragem.

Pensando Nisso! Quero fazer um post com a participação de vocês como fiz no Coisas Que Toda Garota Deve Saber - Parte II. Desta vez quero fazer algo ainda melhor, com a fotinho do perfil de quem participar e tudo mais. Vou aprimorar esse tipo de post! Adoro ter a participação de vocês aqui!

Então Tá! Quem quiser participar, comente aqui neste post:

 "O que você fez de mais radical na sua vida?"


Pode ser algum esporte radical, mas também pode ser alguma atitude que você acredita que precisou de muita coragem ou habilidade para realizar. Terminar com um namorado possessivo. desistir de uma amizade ou ir atrás de uma amizade, dar um duplo twist carpado, fazer o segundo furo na orelha (ou o primeiro!). Vai do seu sentimento!

A segunda parte deste post eu vou colocar no ar dia 4 de maio. Vou adorar saber as respostas de vocês.

Ps: Quem quiser responder e não quiser participar, é só colocar no comentário "JuJu, não quero aparecer no próximo post!" Sua vontade será respeitada! Mas vamos participar Amorecos!!!

(Gente, meus posts estão super coloridos, eu estou nesta fase de muita cor, espero que vocês não estejam achando "O CARNAVAL"! rsrsrs)
08/04/15

Uma História em Blumenau

"Estamos aqui e estamos bem"


Foi essa frase que eu ouvi saindo da Oktoberfest, em Blumenau (2013) - (Lua de mel, gente! O dinheiro da gravata pagou a viagem).

Vila Germânica no Beto Carrero


Era um cara falando para a namorada. Pelo que eu entendi ele foi fazer xixi e não voltou, provavelmente se perdeu ou dormiu encostado no mictório, no estado lastimável em que ele estava era impossível ele estar xavecando ou beijando alguém, mas como boa ciumenta que sou, sei que era exatamente isso que a namorada estava pensando!

O Ciúme não é lógico. O Cara estava caindo, sério, mal conseguia se manter em pé, quem dirá pegar alguém. Mas ela cochichava brava e ele respondia alto "Mas eu nem sei que era! Me desculpa... Eu me perdi". Até que a menina percebe que o carinha está pra lá de Bagdá e para de discutir. Então ele solta "O que importa é que estamos aqui e estamos bem!".

Este post é pra dizer para esse carinha, onde quer que ele esteja, bêbado ou não:

É! É isso que importa!


***
No fim das contas é isso mesmo, Eu estou bem aqui! Apesar de estar um pouco atrapalhada está tudo certo! Correndo agora para visitar os bloguinhos de vocês! Espero que tenham gostado da minha mini histórinha de Lua De Mel!

02/04/15

Estréia Hoje Nos Cinemas!

Quinta-feira é dia de estreias no cinema e hoje especialmente com 2 filmes que eu estou bem afim de assistir.

Velozes e Furiosos 7

Fonte

Sim, eu sou uma menina que gosta de filmes de ação! Confesso que não gostava muito da franquia "The Fast and the Furious" Porém, todavia, entretanto (Falei igual minha mãe agora) Eu aprendi a gostar! (Tipo açaí, que eu odiava e agora eu amo, prazer eu sou a Ju, eu mudo meus gostos). 

Sinopse Por Adoro Cinema 


Após os acontecimentos em Londres, Dom (Vin Diesel), Brian (Paul Walker), Letty (Michelle Rodriguez) e o resto da equipe tiveram a chance de voltar para os Estados Unidos e recomeçarem suas vidas. Mas a tranquilidade do grupo é destruída quando Ian Shaw (Jason Statham), um assassino profissional, quer vingança pela morte de seu irmão. Agora, a equipe tem que se reunir para impedir este novo vilão. Mas dessa vez, não é só sobre ser veloz. A luta é pela sobrevivência.
***

Um Fim de Semana em Paris

Primeiro de tudo, qualquer filme que se passe em Paris deve ser assistido. Se ele for muito ruim, apenas coloque no mudo e deixe as paisagens da cidade luz te envolver.
Segundo de tudo, eu adoro filmes que retratam a vida de pessoas com idade acima de 50 anos, sendo um casal então, ganhou meu coração! Estou louquinha para assistir esses filmes!


Sinopse Por Adoro Cinema 


Nick (Jim Broadbent) e Meg (Lindsay Duncan) são professores universitários na faixa dos 60 anos que estão próximos de comemorar 30 anos de casamento. Vivendo sem emoções em Birminghan, na Inglaterra, Meg sugere que eles voltem para Paris e se hospedem no mesmo hotel em que passaram a lua-de-mel. Mas um encontro casual com ex-aluno de Nick pode significar mudanças na vida do casal.
***

E aí, qual vai ser a boa deste final de semana de Páscoa? Pegar um cineminha no feriado não é nada mal! Já sabe o que vai fazer?! 
Compartilha aqui comigo!
30/03/15

Sobre a mudança - Parte 1


"Mudar é bom" Já dizia Rafiki



Fonte


Fui uma pessoa que estudou em muitas escolas, teve muitos empregos e alguns namorados, me pergunto se tenho dificuldade em "amarrar meu burro". Não posso ficar muito tempo fazendo uma coisa só, parece que me acomodo, me acostumo e quando percebo isso pronto! Tenho crise existencial do tamanho do mundo, me dá uns "5 minutos" e tenho que mudar tudo.


As 4 escolas não foram minha opção, meus pais que foram se adaptando aos valores e a localização de cada uma e eu fui saltando de galho em galho. Eu gostei, como consequência me adapto bem em ambientes desconhecidos. Outra consequência é que tenho apenas uma amizade da época de escola, mas isso só porque ela fez cursinho comigo e depois foi para a mesma faculdade. Como tudo há prós e contras.

Hoje com meus 28 anos e pouco continuo com esse fanikito de não me acomodar nas coisas, quer dizer, no quesito namorado eu até que fui mais tranquila... Namorei 7 anos e casei. Ufa! Pelo menos isso. Mas no restante, parece que não aguento viver do mesmo jeito por muito tempo. Parece que a vida não anda se você passa 10 anos trabalhando na mesma empresa. Tenho que inventar uma atividade diferente, uma aula de yoga, curso novo, nem que seja um curso online de origami havaiano. Se não, parece que eu parei e eu adoro me mexer!

O que está para acontecer este ano é mais uma das minhas mudanças doidas ou nem tão doida assim já que eu estou planejando há algum tempo. Prós? Estou tentando ter uma vida melhor, mais confortável, mais tranquila, viver na ponta do lápis não é para mim. Contras? Alguns sonhos serão adiados, como o de ter um filho cedo, se eu conseguir engravidar antes dos 30 ainda estou dentro do sonho, vai! Mas calma filho, é por um bom motivo!


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...